WITNESS LEE

 

 

     UM

    ESCRAVO

    DE CRISTO

CHAMADO PARA LEVAR A CABO

   A REVELAÇÃO DIVINA

  NESTA ERA

 

UMA DESCRIÇÃO BREVE

DA VIDA

DE WITNESS LEE

 

 

       Em todas as eras, Deus tem estabelecido homens que levem a cabo sua economia.  A meta da economia de Deus consiste em edificar o Corpo de Cristo a fim de levar a consumação da Nova Jerusalém. Cristo, a cabeça universal, deu ministros ao seu Corpo universal, com o propósito de cumprir economia através das eras. Todos eles ocupam um lugar especial na história e na casa de Deus; Têm deixado gravadas preciosas memórias nos corações dos escolhidos de Deus, e brilham com glória na Nova Jerusalém.

       A história dará testemunho de que o irmão Witness Lee foi um ministro destes por ser um servo fie de Deus, um escravo de Jesus Cristo,um ministro da palavra de Deus, por ver a revelação divina, ser um arauto  da economia divina e um mordomo firme e determinado na igreja de Deus nesta era.

       Com sumo agradecimento e com uma reverência cheia de gozo, a igreja louva a nosso amado Senhor por nos haver dado este irmão e, humildemente, em oração e em conformidade,  entrega  este irmão.

 

SUA VIDA E SEU MINISTÉRIO

 

Estabelecido pelo Senhor

 

                Nosso irmão nasceu em 1905 em Shangtung, uma província da China. Assim como o apóstolo Paulo, separado desde o ventre de sua mãe e escolhido por Deus dentre todos seus compatriotas. Sua infância pôde dar testemunho da providência de Deus na vida dele, ao dar-lhe uma mãe sábia e amorosa, a qual era batista de terceira geração e havia sido  criada em um lar cristão. Sua mãe, a fim de proporcionar  a seus filhos uma educação elevada em chinês e inglês, vendeu o único terreno que tinha para poder pagar seus estudos. Esta determinação e provisão não eram comuns nas mulheres daquela época.

Embora o mundo não preste muita atenção a este humilde começo, Deus em sua providência estava preparando secretamente ao seu vaso escolhido para  o eminente avanço de sua economia.

 

 Em abril de 1925, aos  19 anos,ele conheceu o Senhor de forma pessoal por meio da pregação da irmã Peace Wang.  Na mesma ocasião, o Senhor o Chamou  para ser um escravo a seu serviço pelo resto de sua vida. Seu próprio testemunho declara:

 

                                                    Ainda recordo quando o Deus da glória  me apareceu pela primeira vez .

                                                     Foi no dia em que fui salvo. Essa tarde, quando saí do salão de reunião,

                                                     senti  que tudo era diferente. Me detive no caminho e orei a Deus: “Deus!

                                                     Já não quero mais nada. Só quero a Ti ''.

 

                                                                                   The Glorious Vision and the Way of the Cross, pág. 11

              

Desde que se consagrou ao Senhor e pelo resto de sua vida, nunca faltou o seu voto.  Foi um verdadeiro seguidor de seu  Mestre.

Na primavera de 1927, deu sua primeira mensagem, intitulada: “Eis aqui o cordeiro de Deus!” na igreja congregacional independente chinesa de seu povo natal, Chefoo.  Naqueles dias também se reunia uma assembléia local dos irmãos, a qual assistiu por sete anos e meio.

 

Introduzido na obra do ministério

 

                Pouco depois de que o irmão Lee foi salvo, começou a estudar os escritos de diferentes mestres cristãos. No transcurso de tais estudos encontrou as publicações de um escritor: Watchman Nee, ao qual logo chamaria: “um profeta da revelação Divina nesta era”. Estabeleceu correspondência com o irmão Nee pedindo conselho e comunhão acerca de como compreender as verdades apresentadas na Bíblia. Com o tempo, esta relação se estendeu a uma vida de colaboração entre estes dois servos fiéis do Senhor. Por meio deles o Senhor restaurou muitas verdades preciosas e muita revelação para seu Corpo. O ministério de ambos se centrou em Cristo como mistério de Deus e a igreja como mistério de Cristo.

                Em 1932 o irmão Lee teve a oportunidade de conhecer pessoalmente ao irmão Nee,  quando este foi a Chefoo. O tempo que compartilharam deixou uma  impressão tão profunda no irmão Lee que mudou sua relação com o Senhor e com sua palavra.                                                                                                                                                         

                                                                           Os poucos momentos que passei com Watchman  nestes dias deixaram  em

                                                                              mim uma profunda impressão de doçura, atrativo e novidade no Senhor.

                                                                             Aqueles dias me conduziram  a um novo começo na minha busca do Senhor

                                                                             e a voltar-me do conhecimento  a vida e a amar-lo mais. Aquela experiência

                                                                             foi melhor  que  a  que tive quando fui salvo. Estes dias que passei com

                                                                             Watchman Nee  determinaram meu rumo no Senhor durante os seguintes

                                                                              cinquenta anos,a partir de 1932.  Jamais esquecerei aqueles dias.  Que grande

                                                                              misericórdia e graça recebi nesta  ocasião.

 

                                                                                                                                                Watchman Nee: Aseer of the Divine

                                                                                                                                   Revelation in the Present Age,págs. 288-289

                Depois que o irmão Nee se foi de Chefoo, o Senhor trouxe providencialmente outras pessoas ao irmão Lee.  A medida que iam acrescentando, se estabeleceu uma igreja nesta cidade. Primeiro se reuniam na casa  da mãe do irmão Lee.  Depois ao aumentar o número, conseguiram seu próprio local de reunião.

                À medida que nosso irmão tinha mais comunhão com o Senhor, o chamado para servi-lo em tempo integral se fazia mais forte.  Por um tempo esteve indeciso para dar este passo de fé. Em agosto de 1933 esta luta interna se intensificou.  O irmão Lee compreendeu  que  não podia  avançar com o Senhor se não era fiel ao voto que havia feito oito anos antes.  Com lágrimas respondeu  ao Senhor e deixou seu trabalho para dedicar-se por completo a servir o Senhor.  Os sessenta e cinco anos de serviço fiel que vieram depois daquela luta têm manifestado claramente que aquele chamado, sem dúvida alguma, viria de Deus.                

 

                                                      Durante  as  três  semanas  que  transcorreram   entre   primeiro  e  o  vinte  e um

                                                      de  agosto,  lutei  com  o  Senhor,  pois  tinha   um  profundo  sentimento  de que 

                                                      me  chamava  a  deixar  minha   profissão  para  servi-lo  por  fé, mas  não    me

                                                      atrevia  a  dar  um  passo  definitivo  por  minha  débil  fé...

                                                      Depois  de  lutar  com  o  Senhor   por  três  semanas,  cheguei  ao  ponto de que

                                                      não  podia  seguir  adiante.  Na  noite  do  dia  21  de  agosto,  depois da reunião  

                                                      de oração, expliquei meu caso aos irmãos líderes e pedi que orassem  por mim .

                                                       Depois das onze da noite, me ajoelhei diante do Senhor  em meu quarto....Meus

                                                       olhos se encheram de lágrimas .  Por fim disse: “ Está bem; me rendo “ .    Não

                                                       tinha  alternativa . No dia seguinte, os dois líderes me  disseram  que depois  de

                                                       orar, tiveram o sentimento da parte do Senhor que eu devia deixar minha profis

                                                       são e dar-me por  completo ao Senhor.

 

                                                                                                             Watchman Nee: A Seer of the Divine

                                                                                                  Revelation  in the Present Age, págs. 290-291

 

                Pouco depois o irmão Lee recebeu uma breve nota do irmão Nee incentivando-o a deixar seu trabalho e a servir ao senhor em tempo integral.

 

 

                                                      Quando regressei ao meu povo natal, me esperava uma carta de parte de Watchman

                                                        Nee.  Notei  que havia  sido enviada desde Shangai.  A abri e a li. Havia sido escrita

                                                        no dia 17 de agosto, precisamente  quando eu  estava em minha indecisão quanto   a

                                                        servir o Senhor. A carta dizia: Irmão  Witness ,me parece que com  relação ao seu fu

                                                        turo, deverias  dedicar-se por  completo a servir o Senhor. O que você  acha?  Que o

                                                        Senhor o guie”. Fica impossível expressar  o quanto firme foi esta confirmação  que

                                                        recebi por  meio de sua curta nota.

 

                                                                                                                    Watchman Nee: A Seer of the Divine

                                                                                                        Revelation in the Presente Age, págs 291-292

 

                Desde então e tendo este sentimento, o irmão Lee seguiu ao irmão Nee fielmente na obra da restauração do Senhor e mais adiante, quando o irmão Nee não pôde levar adiante a obra, ele a continuou segundo a visão  e a vida  que  havia visto no  irmão Nee e em sua obra. Sem dúvida, o irmão Lee continuou o ministério que o irmão Nee lhe havia confiado e ainda o desenvolveria e o ampliaria baseando-se na visão fundamental do desfrute orgânico que o crente tem de Cristo em seu Corpo junto com os santos nas igrejas locais.

                                                                  

Trabalharam juntos na China

 

                Em 1934 o irmão Lee mudou-se a Shanghai  com sua família e lhe foi confiada a responsabilidade da obra de publicação do irmão Nee como editor da revista O Cristão a qual circulou desde 1934 até 1940. Também foi editor da Collection of Newsletters.

            Também em 1934 ele começou a viajar pela China, dirigindo-se aos crentes e estabelecendo igrejas locais. Na província de Chekiang se estabeleceram doze igrejas locais como resultado das mensagens que deu ali.  Desde finais de 1935 até o verão de 1937, estabeleceu as igrejas em Pekín  e em Tientsin e também viajou até as províncias do nordeste, tais como Suiyuan, Sanshi e Shensi  pregando evangelho e estabelecendo os santos.

                Devido à invasão japonesa, o irmão Lee regressou a Chefoo em novembro de 1937 e permaneceu ali até 1943, principalmente cuidando da igreja ali e a de um povo perto de Tsingtao.   

                Nos fins de 1942 surgiu um grande avivamento em Chefoo, seu povo natal, por causa de seu pastoreio pessoal e sua fidelidade ao ministério do irmão Nee.  Desde primeiro de janeiro de 1943, a igreja se reuniu continuamente durante cem dias. Como resultado, 800 santos se deram completamente ao Senhor e alguns se ofereceram como voluntários para emigrar ao extremo norte da China para pregar o evangelho. Em maio de 1943, o irmão Lee foi preso pelo exército japonês e passou um mês na prisão. Sua saúde se debilitou severamente devido a isto e pouco depois de ser liberado contraiu tuberculose. Mudou-se a Tsingtao em 1944 com o fim de descansar e recuperar-se por completo e viveu ali por dois anos.

               Depois da segunda guerra mundial, quando recuperou a saúde, continuou com sua obra, a maior parte do tempo em Shanghai e em Nanking.  Nestes lugares também surgiram avivamentos em 1947.

               Em dezembro de 1947, ele e outros colaboradores visitaram algumas igrejas da província do sul, entre elas Hong Kong , Canton Swatow e Amoy, e pregaram ali com o fim de ajudar as igrejas a  entrar  no mesmo avivamento que estava acontecendo no resto da China     (ver   Mensagens  Given  During The Resumption Of Watchman Nee's Ministry).                 Durante sua visita a Foochow reuniu-se com o irmão Nee, e ajudou a  restabelecer o ministério  do irmão Nee, o qual havia parado por seis anos devido a mal entendidos.  O irmão Nee regressou com o irmão Lee a Shanghai em abril e ambos trouxeram consigo um maior avivamento.  Durante esse tempo, o irmão Lee supervisionava a construção do local de reunião em Shanghai.

                Em maio de 1949 devido a mudanças repentinas na situação política, o irmão Nee disse ao irmão Lee que saísse da China continental e fosse a  Taiwan  para continuar a obra da  restauração do  Senhor.  Também encarregou-o de continuar a obra de publicação por meio da Livraria evangélica em Shanghai. Este foi um movimento estratégico do Senhor em sua restauração, pois por este meio se estendeu para fora da China.

                O irmão Nee e o irmão Lee voltaram a reunir-se uma vez mais em 1950 em Hong Kong. Juntos                              ministraram por mais de um mês e provocaram um avivamento na igreja ali. O irmão Nee encarregou ao irmão Lee a responsabilidade de supervisar a obra e a igreja em Hong Kong. Ele disse-lhe que instruíra, ensinara e dirigira aos anciãos e organizara os serviços e o oficio dos diáconos; também lhe recomendou que comprasse um terreno para construir um local de reunião. Ainda, o fez responsável  pela obra de publicação fora da China, a qual até então era realizada pela Livraria evangélica em Taiwan e a Livraria evangélica em Hong Kong.

                Pouco depois o irmão Nee regressou a China continental. Esta foi a ultima vez que os dois colaboradores se viram e se comunicaram pessoalmente. Desde então, o irmão Lee continuou fielmente com a obra que o irmão Nee havia começado e que não havia podido terminar.

 

A obra em Taiwan

 

                Em maio de 1949 o irmão Lee se mudou a Taiwan. Embora no princípio não havia muitos santos  ali e bem poucas igrejas, ele começou sua  obra na ilha  em agosto do mesmo ano. Mediante seu árduo trabalho e seu incessante ministério da palavra, o número de crentes aumentou três mil por cento. Em cinco anos, eram mais de 40.000. Foi um tempo de avivamento e rápido aumento na igreja em Taipei.

               Desde 1950 ele viajava cada ano às Filipinas, onde permanecia por vários meses com o fim de estabelecer igrejas.  Por meio de seu trabalho e ministério, se estabeleceram mais de cem igrejas.

                Em Taiwan ele deu treinamentos e conferências às igrejas anualmente. A partir de 1951 estabeleceu                                     treinamentos para irmãos que serviam em tempo integral e em 1953 deu um treinamento para os colaboradores. Por meio destes treinamentos se estabeleceu um grupo de obreiros jovens que finalmente levariam a cabo a obra em Taiwan e no Extremo Oriente durante as seguintes quatro décadas. 

                Como resposta ao encargo do irmão Nee com respeito à obra de publicações, o irmão Lee começou a publicar livros por meio da Livraria evangélica em Taiwan, a qual foi conhecida mais tarde como a casa editora da obra de Watchman Nee fora da China.

                Também publicou fielmente uma revista intitulada O ministério da Palavra, a qual circulou desde 1950 até 1986 com um total de 415 edições.

 

O começo de sua obra no ocidente

 

                De abril a outubro de 1958, o irmão Lee foi convidado a dar conferências em Londres, Inglaterra e em Copenhague, Dinamarca. Este foi o começo de sua obra no ocidente.

                Logo, entre 1958 e 1962, o irmão Lee visitou os Estados Unidos três vezes. Em 1962 o Senhor o dirigiu a mudar-se aos Estados Unidos, e o irmão Lee se radicou em Los Angeles.  Em dezembro deste mesmo ano deu uma conferência em Los Angeles em inglês. Estas mensagens se publicaram mais tarde como um livro intitulado O Cristo todo-inclusivo.

                Durante os anos seguintes se abriram muitas portas, e recebeu um cem números de convites por todo o país de parte de diferentes grupos cristãos.  Por meio destas visitas muitos santos vieram à restauração do Senhor e chegaram a ser materiais preciosos para a  edificação das igrejas nos  Estados Unidos.

                Ao longo da década de 60 ele deu conferências e treinamentos em Los Angeles e em diferentes cidades dos Estados Unidos. Suas mensagens foram impressas em uma pequena revista que se publicava trimestralmente, intitulada The Stream. Também fundou a editorial The Stream, a qual em 1965 passou a ser Living Stream Ministry.

                A partir de 1964 os santos de diferentes partes do país mudaram para Los Angeles para serem                treinados pelo irmão Lee. Em 1970, depois de receber um bom treinamento, mais de 400 santos emigraram a                           10 cidades dos Estados Unidos. Esta emigração continuou por dois anos e preparou o terreno para a expansão da restauração do Senhor.

                                                                                                                                                       

     

                                                                                                                                                                                                                                                                        Desde 1968 até 1972, deu algumas mensagens cruciais, as quais foram publicadas mais tarde sob os seguintes títulos:  Christ versus Religion [Cristo é contrario a religião],  The Recovery of God's Housen and God's City [A restauração da casa de Deus e sua cidade], e  Christ and the Church Revealed and Typified in the Pisalms [Cristo e a igreja revelados e tipificados nos Salmos].

 

                              

O avanço do ministério

 

                Em 1974 o mover do Senhor deu um giro importante quando o ministério mudou para Anaheim, Califórnia. O irmão Lee começou a dar treinamentos internacionais semestralmente.  Ao mesmo tempo começou a ter reuniões semanais com os santos do sul da Califórnia. Aproveitou estas oportunidades para explicar cada um dos livros da Bíblia, começando com o Estudo-Vida de Romanos (dezembro de 1974) e Gênesis (1974 – 1978). Em dezembro de 1984 completou o Estudo-Vida do Novo Testamento com o livro de Atos. Em dezembro de1994 terminou o Antigo Testamento com os livros de Provérbios, Eclesiastes e Cânticos. Durante esse tempo escreveu incontáveis sinopses, notas de roda pé ao texto bíblico e referências cruzadas nos livros do Novo Testamento. Todas essas foram incorporadas a uma nova tradução do Novo Testamento chamada Versão Restauração, a qual se publicou em chinês em 1987 e em inglês em1991.

                O irmão Lee viajou muito durante estes anos. Durante as décadas de 60 e 70, ele visitou diferentes cidades dos Estados Unidos e Canadá. Em várias ocasiões regressou ao Extremo Oriente com o fim de fortalecer e aperfeiçoar as igrejas de Taiwan. Na década de 60 visitou frequentemente as Filipinas,  Hong Kong, Singapura, Indonésia, Malásia, Tailândia e Japão.  Em 1971 foi à Austrália e a Nova Zelândia a fim de ajudar os santos enquanto a restauração do Senhor se estabelecia ali. Além dos países mencionados, também visitou durante a década de 70 a Coréia do Sul, Israel e outros países da Europa. Em 1983 e 1984 deu algumas conferências na Alemanha. O resultado deste incessante trabalho foi um crescimento sem precedente do testemunho do Senhor em toda a terra.

                Em 1976, pouco depois de mudar-se para Anaheim, supervisou a construção de um edifício ali, o qual serviu de local de reunião para a igreja em Anaheim e de escritório e centro de conferência para o Living Stream Ministry. Começando em 1982, também supervisou a construção do segundo centro para conferência e casa editorial em Irving, Texas. A conclusão destes edifícios o permitiu levar a cabo seus treinamentos sem interrupção. Além disso, a igreja em Anaheim e a igreja em Irving foram aperfeiçoadas e cuidadas por sua presença contínua entre elas.

 

Um giro à nova maneira

 

                No outono de 1984, depois de meditar e orar quanto a situação geral da restauração do Senhor, o irmão Lee regressou à Taiwan com o propósito de buscar do Senhor uma nova maneira na qual os santos se reunissem e servissem na maneira ordenada por Deus. As igrejas foram introduzidas numa vida de igreja baseada em grupos pequenos que se reuniam nas casas para orar e estudar as verdades. Também foram conduzidos a pregar o evangelho de casa em casa, com o fim de nutrir aos novos crentes e instruí-los de forma individual; ajudá-los a falar pelo Senhor e a profetizar nas reuniões. Estas práticas estimularam a função de todos os membros do Corpo de Cristo e cumpriam o falado em Efésios  4:11-16.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              O irmão Lee, mediante sua permanência em Taiwam, também aperfeiçoou  a igreja em Taipei ao estabelecer e treinar anciãos, organizar diferentes áreas de serviço segundo este novo caminho e  treinar aos jovens. Ele traduziu todo o novo testamento em chinês e publicou-o com o nome de Versão Restauração. Dirigiu a compra dos terrenos, os quais foram de grande benefício para os interesses do Senhor nessa cidade.

                A fim de aperfeiçoar mais jovens nas verdades da restauração do Senhor e no serviço, o irmão Lee estabeleceu um treinamento em Taipei, em 1986, para obreiros de tempo integral sobre as verdades bíblicas, o serviço e a igreja. A meta de tal treinamento era capacitar aos jovens para que fossem úteis a restauração do Senhor a fim de edificar a igreja e propagar o testemunho do Senhor por toda a terra. Outro treinamento deste tipo começou nos Estados Unidos em Irving em 1989,quando o irmão Lee se radicou de forma definitiva nos Estados Unidos. Desde 1989 até a partida do irmão Lee, o treinamento de tempo integral em Anaheim esteve sob a supervisão direta do irmão Lee.  Em tal treinamento ele dava aulas acerca das verdades e das práticas vitais, as quais se preservam não somente nos treinamentos mas em toda a restauração do Senhor por toda a terra.

                O treinamento de tempo integral em Taipei produziu uma enorme obra evangelizadora em Taiwan, a qual, em cinco anos, levou o testemunho do Senhor a noventa e três cidades e povoados de Taiwan, alguns dos graduados do mesmo também servem ao Senhor em outros países da Ásia e do Ocidente.  O treinamento de tempo integral em Anaheim trouxe como resultado a propagação do testemunho do Senhor na antiga União Soviética por meio do trabalho dos graduados que tinham emigrado para serem colaboradores nestes países. Este trabalho começou em 1991, e em 1997 tinham sido estabelecidas sessenta e cinco igrejas em países soviéticos comunistas.

                Durante a década de 90, o irmão Lee deu treinamentos semestrais, três conferências grandes (a conferência do ano novo chinês, a conferência do dia de comemoração e a conferência de ação de graça) e duas conferências para anciãos e colaboradores (em abril e outubro de 1994). Em algumas ocasiões viajou  pelos Estados Unidos dando conferências no dia do trabalho e em outras ocasiões. Ao mesmo tempo tinha reuniões semanais de ministério às quartas-feiras à noite por um tempo também aos sábados pela manhã. Com freqüência falava nas reuniões matinais aos domingos na igreja em  Anaheim  Também  treinava a igreja quanto a prática dos “grupos vitais “ e o serviço da igreja.               

            

                                                   O pico do ministério

 

                Em fevereiro de 1994, durante a conferência de ano novo chinês, o irmão Lee começou a dar mensagens acerca do que ele chamou “o pico da revelação Divina”.   Este progresso adicional quanto a verdade na restauração do Senhor entrou-se na meta da economia de Deus, a qual consiste em fazer aos crentes Deus em vida e em natureza mas não na Deidade. Também deu mensagens acerca do significado intrínseco da Nova Jerusalém, a salvação completa que Deus efetua com seus aspectos jurídico e orgânico, o ministério completo de Cristo levado a cabo em suas três etapas divinas e místicas e a incorporação dos crentes no Deus Triúno consumado. Ele começou uma série de exposições bíblicas chamadas “Estudo de cristalização dos livros da Bíblia”. Completou o estudo dos seguintes livros: Tiago, Cânticos

dos Cânticos e Romanos.  Pelo lado prático, continuou promulgando  a prática dos grupos vitais a nível local e o misturar dos colaboradores e das igrejas a nível universal.

                Esta profusão de verdades Divinas e práticas vitais constituiriam um grande avanço  na   economia do Senhor e uma derrota para Satanás, o inimigo. Por esta causa, o irmão Lee enfermou no princípio de 1994. Ele sabia que era um ataque do inimigo para impedir a exposição do pico da  revelação e que teria que lutar. Durante os três anos seguintes, ele lutou por esta verdade com todas suas forças e finalmente com sua vida. Sua carta dirigida aos santos no dia 24 de março diz assim:

                                           

                                                          Durante a conferência do ano novo chinês em fevereiro de 1994,quando

                                                          compus o hino: “Milagre tal  Mistério é “ eu disse aos irmãos  que  Sata-

                                                          nás trataria de atrapalhar a exposição do pico da revelação   Divina   que

                                                          concorda  com  o ensinamento neotestamentário.  Em  outubro  de  1995

                                                          descobri um aguilhão em meu corpo de parte de Satanás, do qual  talvez

                                                          não seja liberado.  Pela  abundante misericórdia e graça do Senhor, tenho

                                                          sobrevivido mais de um ano e lhes tenho ministrado as verdades mais pro

                                                          fundas,como um escravo  do Senhor e também de vocês.   Me  conformo

                                                          com não ser nada  nem   ninguém e respeito a vontade   de  nosso  amado

                                                          Senhor. Submeto-me completamente a sua vontade soberana e meu desejo

                                                          é que se cumpra Sua perfeita vontade.

 

Uma consumação honrosa

 

                O irmão Lee foi hospitalizado no dia 30 de maio de 1997 devido a complicações com seu câncer na próstata, o aguilhão que recebeu como do Senhor para que não se ensoberbecesse. Ele viveu e ministrou como escravo do Senhor e de seu Corpo toda sua vida. Ao final ele foi totalmente submisso à perfeita vontade do Senhor. Durante esse período cantava sem cessar acerca da graça superabundante. Testificou do “milagre de amor” (hino# 671) com o qual Deus o pastoreou toda sua vida. Durante sua enfermidade expressou seu amor ao Senhor a todo o momento em suas curtas orações e agradeceu ao Senhor fiel todo o cuidado que lhe brindou.

                Sobre seu escritório tinha as seguintes palavras: “Em nada serei envergonhado”. Verdadeiramente ele não foi envergonhado em nada. A última conferência na qual falou se levou a cabo em fevereiro de 1997, acerca de reinar em vida e certamente ele viveu uma vida vencedora, ao reinar com Cristo até o fim. Os que o rodeavam em seu leito de morte expressaram seu desejo de participar do que ele  participava e  disseram com admiração que ele tinha  “o sorriso de anjo”. Ele sorriu diante da morte e a venceu.

                Na segunda -feira do dia 9 de junho de 1997, ás 9:30 am., o servo fiel do Senhor em seu ministério neo-             testamentário, nosso irmão amado, depois de haver trabalhado  desprendidamente  toda sua vida e de haver derramado todo seu ser pela restauração do Senhor, descansou em paz de todo seu labor terrenal e partiu com o Senhor,a quem amou e serviu.

              Sua ultima palavra ao mundo e ao Senhor foi: “Sacrifício!”

 

Viveu como um Deus-homem

para o Corpo de Cristo

 

                Não há melhor estimativa da obra do irmão Lee na restauração do Senhor que dizer que ele mesmo era o que ensinava aos santos. Nele não havia diferença entre ele e sua mensagem. Ele vivia a Deus em todas suas ações condutas; estava sempre ocupado com os irmãos e as igrejas e trabalhava  incondicionalmente para a  edificação da igreja como o Corpo de Cristo. O que vivia e realizava era a essência mesma da mensagem que compartilhava constantemente com os santos.

                O irmão Lee valorizava e citava com freqüência o que disse John Nelson Darby em certa ocasião: “Que grande gozo é não ter nada nem ser nada nem saber nada que não seja viver a Cristo em glória e não estar  ansioso  por nada que não seja os interesses dEle”. Ao longo do seu ministério, o irmão Lee exortava aos santos a amar ao Senhor e constantemente dirigia sua atenção a “Aquele que é sem igual” e não a si mesmo e ao seu ministério.

                                                                 

                                                               Dedique -se a amar  ao Senhor. Nenhum outro caminho é tão prevalecente,

                                                                  tão seguro, tão rico nem tão cheio  de deleite. Simplesmente ame-O.  Não

                                                                  se preocupe por mais nada.

                        

                                                                                                         Life and Building in the Song of Songs,pág. 24

 

                        O irmão Lee era um homem de oração. Madrugava orando e começava sua jornada de trabalho com oração. Com freqüência compartilhava com os santos acerca de seus momentos de oração e falava da direção e guia que recebia nestes momentos. Acostumava, especialmente nos últimos anos de seu ministério, começar suas mensagens com oração em frente da congregação. Assim como o Senhor ensinou aos santos que o rodeavam a orar (Mt. 6:5; Lc. 11:1-13).         Além do que ensinava geralmente e o exemplo que ele dava aos santos, em certa ocasião, durante uma série de reuniões de oração que aconteciam às terças-feiras pela noite, entre os anos de 1992 e 1993, treinou  especificamente aos santos da igreja em Anaheim, no que é a oração eficaz. Centenas, talvez milhares de pessoas, podem relatar as palavras pessoais que o irmão Lee lhes disse quando se acercaram para ter comunhão com ele e receber direção. Ele sempre lhes exortava assim: “Ore e veja como o guia o Senhor”. O irmão Lee amava ao Senhor profundamente, tinha plena comunhão com Ele e continuamente dirigia aos demais ao Senhor.

                Além de tudo, o irmão Lee estava  totalmente consagrado não somente a Cristo, mas também ao seu  Corpo,  a igreja. Durante toda a vida, ele viveu e pôs todos seus interesses entre os santos e para eles. Durante os anos de seu ministério trabalhava sem cessar em todas as igrejas para ajudar a edificar o Corpo e aperfeiçoar os irmãos e as irmãs no desfrute da vida divina e em sua função como membros de Cristo. Sempre ajudava aos santos a entrar no sacerdócio de todos os crentes, avançando além do que  simples doutrinas e estendendo-se a realidade prática. Em várias igrejas ele mesmo estabeleceu o serviço prático entre os irmãos e irmãs, dando-lhes assim uma maneira de servir ao Senhor. Em um nível mais profundo, ajudou aos santos a entrar em sua função espiritual ao apresentar-lhes o sacerdócio do evangelho, segundo Romanos 15:16, e entrar na melhor e mais excelente maneira de edificar o Corpo de Cristo,  a saber  profetizar conforme a 1 Coríntios 14. Ele capacitou aos santos para viverem e funcionarem no Corpo e pelo bem do Corpo. São numerosos os membros que ele gerou, cuidou, aperfeiçoou e introduziu na função cristã mais fundamental, a qual é falar por Cristo, proclamá-lo e compartilhá-lo para que o Corpo se edifique a si mesmo em amor (Ef. 4:16).

                Por fim,o viver do irmão Lee era posto a prova constantemente pelo inimigo de Deus, tanto por meio das aflições que afrontava nas circunstâncias como mediante a oposição de homens obstinados. Em todos os aspectos ele levava sobre si a morte de Jesus para que a vida de Jesus se manifestasse (2Co. 4:10).

                Ele sofreu prisões, pobreza, aflição e oposição. Durante sua convalescença por causa da tuberculose teve que ficar prostrado na cama por dois anos, e esteve a ponto de morrer. Na China continental sofreu a grande perda de seus colaboradores e do fruto de seus labores. Ao envelhecer, começou a perder a vista, padeceu repetidas vezes enfermidades do estômago e de sinusites e lutou até o fim contra uma anomalia do coração. Em outubro de 1995, quando lhe diagnosticaram câncer, esforçou-se para continuar ministrando até os últimos quatro meses antes de sua partida. Todos estes anos suportou estes sofrimentos sem queixar-se e os recebeu como do Senhor, que o aperfeiçoava para que fosse vencedor. Muitas vezes, em seus últimos dias, louvou ao Senhor por essas “restrições”,como ele acostumava chamá-las. Houve muitos que caluniavam ao irmão Lee sem dar-se o trabalho de tratar de entender o que ele ensinava. Divulgaram-se muitos rumores mal intencionados com o fim de prejudicá-lo e caluniá-lo. As acusações eram tão horrendas  que deixavam em evidência inequívoca o selo do caluniador maligno, o diabo. E além destas calúnias, acrescentou-se o ataque de alguns dos que estavam mais perto dele. Em todas estas circunstâncias, o irmão                Lee levava o vitupério que acumulavam sobre sua pessoa. Não queremos dizer com isso que ele era passivo                 com respeito a defesa da verdade que lhe havia entregado. Em várias ocasiões contendeu firmemente pelo que ele havia recebido do Senhor para o beneficio do Corpo. Certamente o Senhor pode testificar que o viver do irmão Lee estava em conformidade com Seu próprio viver,o de um Deus-homem genuíno.

                            

                                                                                             

A REVELAÇÃO E O ENTENDIMENTO

BÍBLICO QUE O SENHOR NOS DEU

POR MEIO DO IRMÃO LEE

 

                A restauração do Senhor é por definição um adiantamento e um avanço na compreensão da verdade que se revela aos santos nas Escrituras. O conhecimento espiritual se pode interpretar como um avanço no pleno conhecimento de Cristo, isto é, na experiência que os santos têm dEle, cujo resultado é a edificação do  Corpo, a qual, por sua vez, cumpre a economia de Deus a fim de que ele obtenha sua expressão universal.  Desde o começo da restauração, nos dias de Martinho Lutero, ao longo dos séculos tem havido um progresso contínuo e o Senhor tem usado muitos crentes com o fim de fazer avançar sua restauração. Durante as sete décadas que o Senhor tem trabalhado entre nós,  começando com o irmão Nee e logo com o irmão Lee, o progresso da restauração tem sido evidente. Nas primeiras décadas [deste século] o Senhor utilizou o irmão Nee com o fim de expôr algumas revelações e clarear o entendimento da Bíblia. (Aparece uma lista detalhada dos mesmos em Watchman Nee: A Seer of the divine Revelation in the Present Age, escrito pelo irmão Lee e publicado por Living Stream Ministry, págs. 151-167). Quando o irmão Lee saiu da China em 1949, ele repetiu e insistiu no que havia recebido do irmão Nee. Em 1958 o Senhor começou a tornar mais clara esta luz e estas verdades por meio do irmão Lee, e continuou  fazendo até os últimos dias de sua vida. As verdades que recebemos por meio do irmão Lee desde 1958 podem dividir-se em nove grandes categorias: Deus, Cristo, o Espírito, a salvação, a vida, os crentes,a igreja e suas práticas  e Nova Jerusalém. Em total compreendem trinta e nove pontos.

 

DEUS

 

                Em primeiro lugar, por meio do ministério do irmão Lee, o Senhor restaurou a revelação pura apresentada

nas Escrituras com respeito ao Deus Triúno. Deus é um só em essência ou substância e é três pessoas ou hipóstases distintas.  Os três da Trindade: O Pai, o Filho e o Espírito, são eternamente distintos, mas não separados e nenhum deles atua de forma independente. O Deus Triúno está em Cristo como o Espírito e, como tal, é a vida e o suprimento de vida para os crentes.

                Em segundo lugar, o ministério do irmão Lee restaurou a verdade do Deus Triúno processado e consumado. Deus, em sua existência eterna, é imutável; mas em seu mover econômico, o Deus Triúno, em Cristo, passou pelo processo de encarnação, viver humano, morte, ressurreição e ascensão, a fim de ser consumado como o Espírito vivificante ( 1 Co. 15:45; 2 Co. 3:17) e morar nos crentes. Em terceiro lugar, temos a dispensação do Deus Triúno. O Deus processado e consumado se dispensa a seus escolhidos a fim de regenerá-los com sua vida divina (1 Pe. 1:3), transformá-los conforme Sua  natureza divina (Ro. 12:2; 2Co. 3:18) e, finalmente,  glorificá-los com Sua glória divina (Rm. 8:30), tornando-os assim iguais a Ele em vida, natureza e expressão. O quarto ponto e possivelmente o mais importante, é a revelação com respeito a economia neo-testamentária de Deus (1 Tm.1:4), Seu plano eterno, que cumpre Seu propósito eterno, ao infundir Seu ser em seus escolhidos (Ef. 3:8-11). Este propósito consiste  em levar a cabo a consumação da Nova Jerusalém como morada mútua do Deus Triúno e o homem tripartido (Ap. 21:3, 22) que o expresse pela eternidade.

 

CRISTO

 

                O primeiro ponto que o irmão Lee restaurou com respeito a Cristo, consistiu em que o Cristo vivente é contrário à religião morta. Segundo, Cristo como Cabeça do Corpo (Cl.1:18),  não é simplesmente o líder nem o modelo para a igreja;mais que isso, é intrinsicamente a pessoa mesma da igreja; e nEle se originam a existência, a vida e a atividade do Corpo (Ef. 4:16; Cl. 2:19). Terceiro, o ministério completo de Cristo se leva a cabo em três etapas: a encarnação, a inclusão e a intensificação. Mediante este ministério, Deus cumpre totalmente Sua economia, a qual corresponde ao desejo do seu coração. Na etapa de encarnação, Cristo trouxe Deus ao homem, expressou a Deus na humanidade e efetuou a redenção jurídica,  obtendo  assim o perdão de nossos pecados (Cl. 1:14), nossa justificação perante Deus (Ro. 4:25; 5:18), nossa reconciliação com Deus (Rm. 5:10) e nossa santificação posicional (Hb. 13:12). Na etapa de sua inclusão, mediante a ressurreição, Cristo foi designado Filho primogênito de Deus (Rm. 1:3-4; 8:29), fez-se Espírito que dá vida todo-inclusivo e composto (1Co. 15:45) e regenerou a todos os crentes a fim de fazê-los os   muitos  filhos de Deus (1 Pe. 1:3).

                Na etapa de intensificação, Ele como Espírito que dá vida se intensificou para chegar a ser assim, os sete Espíritos de Deus (Ap. 1:4; 5:6) com vistas a dar fim a degradação da igreja ao intensificar a salvação orgânica, produzir os vencedores e levar a Nova Jerusalém à consumação eterna.

                              O Espírito

 

                Ao longo de seu ministério, o irmão Lee deu ênfase ao papel crucial que desempenha o Espírito na economia de Deus. Primeiro se deu conta de que Cristo se fez o Espírito que dá vida(1Co.15:45), o qual é a realidade de Cristo na ressurreição (Jo. 14:16-20). Segundo, ao estudar o livro de Apocalipse, descobriu a revelação crucial quanto ao Espírito sete vezes intensificado (Ap. 1:4; 4:5; 5:6). Embora o Espírito é eternamente um só (Ef.4:4), na era da degradação da igreja, a função e obra do Espírito se intensificam “sete vezes” a fim de culminar a economia de Deus.  Em terceiro lugar, o irmão Lee, em seu ministério, descreveu cabalmente o Espírito: como o Espírito todo-inclusivo, composto, que dá vida, sete vezes intensificado, que mora nos crentes e que tem chegado a ser a consumação do Deus Triúno processado.

                Em quarto lugar, o irmão Lee compreendeu que, ao experimentar a Cristo como o Espírito, somos introduzidos na esfera divina e mística do Espírito consumado e do Cristo pneumático, onde desfrutamos e experimentamos o Deus Triúno. Na atualidade, Cristo como o Espírito que dá vida nos dispensa coisas que não são físicas (nem simplesmente espirituais), mas divinas e místicas e nos introduz na esfera divina e mística.

A salvação

 

                O irmão Lee obteve um amplo entendimento da salvação completa que Deus efetua nos dois aspectos: o jurídico e o orgânico. A morte de Cristo levou a cabo o aspecto jurídico da salvação com o fim de que  fôssemos perdoados por Deus, lavados, justificados,  reconciliados com Ele e santificados para Ele em  nossa posição.  Depois de haver sido redimidos juridicamente e  reconciliados com Deus, desfrutamos o aspecto orgânico da salvação, o qual é realizado na vida de Cristo (Rm. 5:10) e está disponível para nós por meio do Espírito que dá vida.  Na salvação orgânica somos regenerados, santificados, renovados, transformados, conformados à imagem de Cristo e finalmente glorificados.

A vida

 

                O Senhor usou a Watchman Nee para restaurar a experiência e o desfrute da vida divina que tem os crentes. O irmão Lee foi dirigido pelo Senhor a ver que ainda mais: esta vida é em realidade o Deus Triúno processado que se dispensa ao homem tripartido (1 Ts. 5:23; Rm. 8:10, 6, 11). Esta dispensação transforma o homem à imagem gloriosa de Cristo (2Co.3:18) a fim de que expresse a Deus.

                O irmão Lee viu que a Bíblia começa com a árvore da vida (Gn. 2:9) e termina com ela mesma (Ap. 22:2). A linha da árvore da vida é invariavelmente contrária à linha da árvore do conhecimento do bem e do mal. Outro aspecto que o ministério do irmão Lee enfatizou  foi a experiência e o deleite que temos de Cristo ao comer e beber dEle (Jo. 6:54-58). Sendo Cristo o Espírito que dá vida, podemos desfrutá-lo de maneira prática como nossa vida e suprimento de vida. O irmão Lee nos mostrou que a melhor maneira de comer ao Senhor é orar-ler Sua Palavra, isto é, receber a Palavra de Deus com  toda oração (Ef.6:17-18).Também nos mostrou que a maneira mais simples de desfrutar o Senhor é invocar o seu nome. Ninguém pode dizer: “Senhor Jesus”, se não no Espírito Santo (1 Co. 12:3).

         Tanto os santos do Antigo Testamento (Gn.4:26; 12:8; Is. 12:3-4; Lm.3:25)como os do Novo (Rm 10:12-13; 1 Co. 1:2) invocavam com gozo o nome do Senhor. O irmão Lee também nos ajudou a ver que se Cristo é o Espírito que dá vida ou o pneuma  (“alento”), podemos respirar o Senhor. Em realidade respirar ao Senhor é beber (Is. 12:3-4) e comer (Lm. 3:55-56).

Os crentes

 

                O irmão Lee nos mostrou nas Escrituras a união orgânica entre o homem regenerado e o Deus Triúno processado (1Co. 6:17) e além disso nos ensinou que nossa  relação com o Deus Triúno é mais que uma união; é a mescla do Deus Triúno processado  conosco, o homem santificado. Nesta mescla a identidade de Deus e a nossa  são preservadas.

                O pico da revelação divina consiste em que, na economia de Deus, o homem chega a ser Deus em vida e natureza, mas não na  Deidade.  O irmão Lee nos ensinou que devido a que fomos gerados por Deus (Jo. 1:13; 1 Jo. 5:1) com sua vida  divina (2 Pe.1:4), chegamos a ser o que Ele é em vida e natureza.

                Uma das últimas revelações que o Senhor nos deu por meio do irmão Lee foi a  incorporação divino-humana universal do Deus consumado com os crentes regenerados.  Deus em Sua Trindade divina é uma incorporação (Jo. 14:10, 11), e a meta de Sua economia é introduzir os escolhidos regenerados, transformados e glorificados a uma incorporação com o Deus-Triúno, por meio da qual Ele e nós chegamos a ser  um só para sempre (Jo. 14:20; 17:21,23).

                Em fevereiro de 1997, o irmão Lee, durante sua última conferência, disse que experimentar a salvação orgânica equivale a reinar na vida de Cristo (Rm. 5:17). Nós, os crentes, podemos reinar nesta era sobre pecado e a morte ao experimentarmos e desfrutarmos de Cristo como vida e, finalmente, na Nova Jerusalém, reinaremos em vida com Deus para sempre (Ap. 22:5b).

A igreja

 

            Uma das primeiras revelações que o Senhor deu ao irmão Lee com respeito à igreja foi que esta é o Corpo de Cristo (Ef. 1:22-23; Cl. 1:24). Como tal ela é um organismo (Jo. 15:1-8) e não uma organização. A igreja também é o novo homem que se compõe dos crentes redimidos e regenerados, tanto os judeus como os gentios.  Cristo reconciliou em Seu Corpo por meio da cruz aqueles que eram seus inimigos por natureza e criou dos dois povos um novo homem fazendo a paz entre eles (Ef.2:15). O irmão Lee viu que um dos resultados da obra de Cristo na cruz foi a abolição dos preceitos que dividiam os judeus dos gentios, a qual faz possível o misturar de todos os crentes no Novo Homem.                         O irmão Lee também se deu conta de que a igreja como a plenitude de Cristo é o resultado do deleite que todos os santos têm das insondáveis riquezas de Cristo (Ef. 3:8). Quando os santos desfrutam das riquezas de Cristo, chegam a ser a plenitude Dele, Sua expressão.  A igreja também é o aumento de Cristo, Sua noiva (Jo.3:29); é o complemento de Cristo, pois é compatível com Ele. O irmão Lee também ministrou acerca da edificação orgânica do Corpo de Cristo, o qual é o organismo do Deus Triúno. A videira universal com seus ramos (Jo.15:1-8) como uma figura do Corpo de Cristo é a realidade deste organismo. O irmão Lee nos ajudou a ver que a melhor definição da igreja é que ela é o resultado da dispensação da Trindade processada e a transmissão do Cristo transcendente (Ef.1:22).

                A Igreja, a qual é o resultado da dispensação universal de Cristo, é expressa pelas igrejas locais respectivamente. As igrejas locais são os candelabros que se encontram sobre a base da localidade e expressam Cristo. O irmão Lee viu que elas eram o processo e que o Corpo de Cristo é a única meta.

A prática da igreja

 

                Desde muito jovem, o irmão Nee restaurou vários pontos acerca da igreja para o bem da restauração do Senhor na China, como por exemplo, o partir do pão e o batismo por imersão. A meta destas práticas era que os santos regressassem a maneira bíblica de levar a cabo a vida da igreja e funcionassem adequadamente como membros do Corpo de Cristo. O irmão Lee continuou a restauração ao enfatizar a importância de que todos os santos devem profetizar nas reuniões da igreja, o que edifica o Corpo de Cristo (1Co. 14:3-4, 23, 31).  Em Romanos 15:16 o irmão Lee também viu o sacerdócio neo-testamentário do evangelho. Introduziu-nos nas quatro práticas vitais para a edificação do Corpo: gerar, nutrir, aperfeiçoar e edificar. Em primeiro lugar, devemos levar os pecadores a Cristo a fim de que sejam gerados por Deus (1Co. 4:15). Logo estes novos crentes devem ser nutridos de uma forma íntima com o suprimento divino  das Escrituras (1Ts. 2:7; Jo. 21:15). À medida que crescem em vida, todos os que estão sob nosso cuidado devem ser aperfeiçoados na verdade e em sua função no Corpo. Por fim todo crente deve ser introduzido na obra de edificação do Corpo segundo o Corpo mesmo (Ef. 4:12-16). Na prática, a consumação da edificação orgânica consiste em que todos os membros sejam aperfeiçoados para que  profetizem e assim edifiquem o Corpo de Cristo.

                Iniciando, desde 1992, o irmão Lee apresentou às igrejas uma nova maneira de produzir o aumento e edificar a igreja, a saber: os grupos vitais ( e. 10:24-25).  Nos grupos vitais os santos se misturam e são edificados em uma atmosfera de amor e mútuo pastoreio. Também colaboram em visitar pessoas levando-lhes o evangelho a fim de que a igreja continue crescendo.

                O irmão Lee durante os últimos meses de seu ministério, insistiu na necessidade de que todos os santos se  misturem  a fim de que obtenham a realidade do Corpo de Cristo. Por meio misturar, muitos santos podem ser aperfeiçoados e serem os vencedores  que estão  edificados como a Sião de hoje.

A nova Jerusalém

   

                O irmão Lee excedeu a outros estudiosos da Bíblia em sua compreensão da Nova Jerusalém. Ele se deu conta que a Nova Jerusalém é a totalidade da revelação  divina apresentada  nas Escrituras. Todas as revelações da Bíblia finalmente apontam para a consumação da Nova Jerusalém. O irmão Lee nos ensinou também que ela é consumação do Deus Triúno processado e consumado mesclado com seus escolhidos redimidos, regenerados, santificados, transformados, conformados e glorificados, os quais conformam um casal universal que se amará pela eternidade (Ap. 21:2, 9-10).

                A revelação máxima acerca da Nova Jerusalém e,  por fim ,a meta da economia de Deus , é que a Nova  Jerusalém é a incorporação universal da união e a mescla do divino com o humano. O sinal da Nova Jerusalém indica que Deus e o homem estarão incorporados mutuamente em uma só entidade pela eternidade e que o divino e o humano estarão mesclados para sempre. O irmão Lee foi usado pelo Senhor com o fim de declarar esta assombrosa revelação com respeito à incorporação.  Deus, em Sua Trindade,  antes da criação, existia  eternamente como uma incorporação. O resultado de Sua obra no tempo, a Nova  Jerusalém, será o aumento daquela incorporação pois incluirá a Seus escolhidos regenerados, transformados e glorificados pela eternidade (Ap. 21:2-3).

                                                                       

SUA OBRA DE PUBLICAÇÃO

 

                O irmão Lee esteve muito vinculado à publicação do ministério atual do Senhor durante todos os seus anos de serviço ao Senhor. Quando se uniu ao irmão Nee no ministério em 1933, o irmão Nee  pediu que respondesse umas cartas que tinham perguntas acerca da igreja, as práticas da igreja e a interpretação da Bíblia. Muitas destas cartas foram publicadas sob o título de Collection of Letters [ Recopilação de Cartas]. O irmão Nee também confiou ao irmão Lee a redação das mensagens de diferentes conferências que ele deu na China. Estas foram publicadas como livros e artigos em uma revista intitulada O Cristão, da qual o irmão Lee foi o redator de 1934 até 1940. Em 1950, quando o irmão Nee se reuniu pela última vez com o irmão Lee, o irmão Nee fez alguns arranjos para que as três livrarias evangélicas (Shanghai, Taiwan e Hong kong) operassem como uma só entidade, mas separadamente quanto a fins práticos em suas respectivas cidades. O irmão Lee estava a cargo da literatura e das livrarias de Taiwan e Hong Kong.  Em 1975 todos os irmãos relacionados com a obra de publicação decidiram unanimemente a transferência de toda a obra de publicação em chinês a Taipei e as publicações em inglês a Living Stream Ministry nos Estados Unidos.

                Quando o irmão Lee foi a Taiwan em maio de 1949, continuou a publicação do ministério principalmente por meio da revista O ministério da palavra, a qual circulou de 1950 até 1979. Embora a maioria dos artigos desta revista fosse extraída das mensagens dadas pelo irmão Lee, ele só publicou com seu nome a partir de 1958.

                Quando o irmão Lee veio aos Estados Unidos em 1962, começou a publicar o ministério em inglês com a revista  The Stream, a qual se editou pela primeira vez em junho de 1963. Também publicou alguns livros durante esses anos. Ele fundou The Stream Publishers (que publicou originalmente The Stream) com o propósito de imprimir e distribuir o ministério. Desde 1974 Living Stream Ministry  têm continuado produzindo publicações de maneira contínua; entre as mais importantes temos o Estudo-Vida da Bíblia, levado a cabo pelo irmão Lee, o qual conta com umas 25.000 páginas de comentários acerca de cada livro da Bíblia e a versão restauração do Novo Testamento, que contêm sinopses, referências cruzadas e notas de rodapé.

                

Os Hinos

  

                Os hinos são uma formosa expressão do que os santos experimentam de Deus e a compreensão que têm da verdade. Eles ocupam uma posição insubstituível nas reuniões e na vida pessoal dos santos. O irmão Lee era um compositor ativo e recopilou muitos hinos durante seu ministério. Tanto o hinário em inglês, intitulado Hymns (Hinos), publicado em 1966, como o hinário em chinês, que foi publicado em1968, contém muitos cânticos novos que ele compôs, por exemplo, os incomparáveis hinos: “ Oh! Que viver!” (#213), “Oh Cristo,meu bom Salvador” (#215) e “No seio do Deus Pai” (#93). Estes se caracterizam pela sua riqueza na verdade e na revelação que recebemos do Senhor por meio do irmão.

                Durante a conferência do ano novo chinês de 1994, o irmão Lee compôs o hino, que ele considerou o mais elevado, “ Milagre tal! Mistério é!” Foi composto originalmente em chinês e logo traduzido. Tal hino captou o entendimento máximo da compreensão do irmão Lee com respeito a revelação divina. Chegou a ser um cartaz para todos os santos da restauração do Senhor, o qual nos dirige a Nova Jerusalém como a consumação máxima da economia de Deus.

                 

UM SONHO FEITO REALIDADE

 

            O irmão Lee não era um homem dado a sonhos. No entanto, teve um sonho em 1943 que constituiu um guia para seu ministério até o dia que partiu de nosso meio. Ele deu testemunho acerca deste sonho em 1996 enquanto ministrava que Cristo era um homem de oração.

 

                             [ Este ] testemunho se relaciona com o que experimentei de

                          parte  do  Senhor  em  1943,  que  foi  um  ano critico na guerra

                          entre China e Japão. Eu fui oprimido pelo exercito japonês que

                          invadiu  a  cidade  onde  eu vivia.  Uma noite tive  um sonho no

                          qual o Senhor me garantia que eu não sofreria dano. No sonho

                          eu ia caminhando e chegava até um barranco que tinha quatro

                          degraus. Depois que desci os degraus, pulou sobre mim um ca

                          chorro  pastor  alemão  e  colocou  suas  patas  dianteiras  em

                          cima  de  mim, mas  não  me  machucou. Quando me deixou vi

                          que o dia  era como a aurora, e via diante de mim uma estrada

                          larga e muito reta. Ao acordar entendi que aquele  não era um

                          sonho comum.

                          Ao examinar o sonho, recebi a interpretação. Os quatro degraus

                          eram os  primeiros  quatro anos da guerra, que seriam  bastante

                          difíceis para a China...entendi que o cachorro pastor alemão repre

                          sentava aos japoneses que me oprimiam, mas que por fim não me

                          fariam  dano algum. Depois disto  surgia uma  estrada ampla que

                          brilhava sob a luz da aurora. Ficou-me claro que depois do problema

                          com  os  japoneses, o Senhor me conduziria  por aquela estrada.

 

                                                                                       O viver do Deus-Homem, pág.149

 

                Algumas semanas antes de sua partida à presença do Senhor, o irmão Lee compartilhou com vários de seus colaboradores o significado daquele sonho:

 

                            O assunto começou em realidade com aquele sonho. Eu não

                         tinha  muito  encargo  pela restauração  do  Senhor  até que tive

                         esse  sonho. Tenho  conduzido-me  na obra,  em  grande  parte

                         segundo  aquele  sonho.  Agora  creio  firmemente que o inimigo

                         de  Deus  tem um só objetivo: destruir esta obra, a qual consiste

                         em primeiro lugar, em edificar o Corpo para que  este  chegue a

                         ser pelo qual se produz a Nova Jerusalém. Está aqui o conflito que

                         existe entre Deus e Satanás. Quem obterá a meta que se propôs?

                         Eu estou no meio desta luta.

                                                                                              24 de março de 1997

 

                Ao olhar retrospectivamente a vida e o ministério do irmão Lee, podemos dar testemunho que este sonho se cumpriu durante sua vida e continua cumprindo-se inclusive hoje. Seu ministério é essa estrada ampla, brilhante e reta que chega até todos os moradores de todos os continentes e tem se estendido aos principais idiomas. Umas 2.500 igrejas têm recebido ajuda da parte do Senhor por meio do fiel cuidado do irmão Lee. Muitas delas foram estabelecidas diretamente por ele. O Senhor, por Sua graça, revelou toda a Bíblia por meio dele, tanto nos Estudo-Vida como na versão restauração. Por toda a terra as portas se abrem à restauração do Senhor, à medida que buscam mais do Senhor em todas partes e participam da luz e da verdade que o Senhor nos concedeu por meio de nosso irmão. Nós mesmos podemos dar testemunho de que o irmão Lee nos introduziu no mesmo sonho que o guiou. Este sonho tem chegado a ser verdadeiramente uma realidade.